37º Programa Cuide da sua saúde: Menopausa, 20 Fevereiro 2014

Podcast RDP Internacional

 

Menopausa

A Menopausa é uma fase na vida da mulher em que cessa a menstruação. Existem alguns sintomas associados. Conheça-os.

A Menopausa é caraterizada por um conjunto de alterações hormonais, nomeadamente a diminuição da produção de estrogénios e em particular de estradiol, que leva à manifestação de determinados sintomas. A ocorrência deste tipo de sintomas varia de mulher para mulher. Entre os diversos sintomas associados à menopausa destacam-se os principais:

- Alterações do sistema nervoso (humor alterado, mau humor, humor depressivo, depressão, insónias),

- Alterações circulatórias (calores, calafrios, afrontamentos, sudorese excessiva)

- Alterações do metabolismo (normalmente o aumento de peso)

- Alterações musculoesqueléticas (dores reumáticas e musculares, perda de massa muscular, perda de massa óssea, osteoporose)

 

Principais Queixas e Sintomas Associados ao Climatério e Pré-menopausa:

As principais queixas evidenciadas pelas mulheres no climatério e na pré-menopausa são os calores e afrontamentos, sudorese excessiva, nervosismo, irritabilidade, insónia e depressão.

É uma evidência que a baixa incidência de cancro da mama e de sintomas relacionados com a menopausa nas mulheres asiáticas, em comparação com as ocidentais, está relacionada com o consumo de produtos e de sub-produtos da soja.

O consumo de fitoestrogénios (derivados de soja) ajuda a combater os sintomas associados ao climatério, tais como os afrontamentos, a combater a osteoporose (prevenção das fraturas ósseas) e a prevenir os problemas cardiovasculares.

 

Terapia Hormonal de Substituição e Cancro da Mama

O uso da terapêutica hormonal na menopausa está contra-indicado no caso da existência de cancro da mama (ou de pré-disposição hereditária), pela possibilidade de proliferação de células cancerosas na mama, no útero  ou no ovário. Isto aplica-se à denominada Terapêutica Hormonal de Substituição (THS) com hormonas bioidênticas, usada pela medicina convencional, mas também à terapêutica com fitoestrogénios, tais como as isoflavonas da soja.

No entanto, o extrato de cimicifuga inibe essa proliferação, o que sugere que pode ser utilizado com segurança no tratamento de sintomas menopáusicos em mulheres com antecedentes relacionados com o cancro da mama.

Soja e Extratos de Soja (Titulados com Isoflavonas): os produtos com derivados de Fitosteróis revelam um efeito estrogénico protetor na mulher e homem (proteção do cancro na próstata) e um aumento da calcificação em caso de deficiência hormonal. O uso das Isoflavonas de soja, bem como as Sementes de Soja e os subprodutos da soja são muito úteis na menopausa e no climatério; Contribuem para a diminuição das cefaleias e para o aumento da massa óssea.

 

Suplementos e Plantas Medicinais Utilizados na Pré-Menopausa e Menopausa:

De entre os suplementos alimentares, os mais conhecidos, são as isoflavonas de soja, a angélica chinesa, o inhame, o lúpulo, o óleo de sementes de onagra e de sementes de linho.

 

Soja (Glycine max): Os extratos de isoflavonas obtidos a partir da soja revelam ação estrogénica, revelando ação hormonal (fitoestrogénica). Contribuem para a melhoria dos transtornos associados à menopausa e ao climatério.

Angélica Chinesa (Angelica Sinensis): Usada para combater as perturbações funcionais da peri-menopausa.

Onagra – Revela enorme afinidade pelo aparelho reprodutor feminino. Ajuda a melhorar alguns dos sintomas associados à menopausa. Melhora a textura da pele.

Anho-Casto (Vitex agnus castus): Ajuda a combater alguns dos transtornos associados à menopausa. Promove a melhoria da Líbido (prazer sexual) e da secura vaginal.

Cimicifuga (Cimicifuga racemosa): Rica em Isoflavonas, é muito útil no tratamento dos sintomas associados à menopausa e climatério, nomeadamente nos afrontamentos, nas alterações do humor, na depressão, cefaleias e noutros transtornos neurovegetativos e circulatórios. Revela também um efeito fitoestrogénio, contribuindo para a manutenção da massa óssea e no combate da osteoporose. O efeito estrogénico da Cimicifuga não revela os inconvenientes e as contra-indicação em caso de haver cancro da mama ou antecedentes familiares.

Inhame (Discorea spp.): Utilizado no tratamento dos sintomas caraterísticos da menopausa e do climatério. Pode ser utilizado na compensação hormonal, devido à presença de diosgenina (fitoestrogénio).

Trevo Vermelho (Trifolium pratensis): As isoflavonas do Trevo Vermelho ajudam a reduzir os sintomas associados à pós-menopausa – diminuição dos afrontamentos e dos sintomas do climatério e a melhoria ao nível da mucosa vaginal. As isoflavonas do Trevo Vemelho são uma Alternativa ás Isoflavonas de soja, apresentando os mesmos efeitos fitoestrogénios e não evidenciando as contra-indicações das isoflavonas de soja, nas pessoas que têm pré-disposição para cancro da mama, ovários e útero.

 

Salva (Salvia Officinalis): Combate os sintomas da sudorese excessiva e dos afrontamentos e calafrios.

Lúpulo (Humulus lupulus): Revela ação ao nível dos sintomas nervosos associados à menopausa, nomeadamente na ansiedade e insónias, com a vantagem de apresentar concomitantemente um efeito do tipo estrogénico.

  

Referências Bibliográficas:

Da Cunha, A. Proença; Da Silva, Alda Pereira; Roque, Odete Rodrigues; Plantas e Produtos Vegetais em Fitoterapia; Fundação Calouste Gulbenkian; 3ª Edição; 2009; Lisboa

 

Cuide da Sua Saúde.